You are currently browsing the category archive for the ‘Passeios’ category.

Terça-feira de carnaval foi dia de zoológico. Nós quatro e a turma do Tio Marcelo.

Na chegada o rei Leão dormia, como sempre… Lá pelas tantas, enquanto fazíamos as meninas se contentarem com a onça pintada, ecoou por todo o zôo o wraaaaaaaoouuuu do leão, e o corre-corre até ele foi geral. O bicho acordou bravo, Elisa agarrou no meu pescoço com aquele sorrisinho nervoso, e eu me fazendo de durona comentava a cena achando o máximo, mas no fundo até eu fiquei com medo – se o cara decide e consegue fugir daquela jaula (pouco provável, mas inevitável de se imaginar), comia ali uns 10 ou 12, facinho…

Com seu barulho o danado acordou até a leoa, e então o casal deu um show completo.

Não dá pra negar: o passeio foi fera! Daqueles que a rapariga comenta com todo mundo por uma semana, e não esquece jamais.

Amanhã é dia de arrumar as malas. Estamos em férias, e vamos embarcar (de avião) pra Santa Catarina. Programa: Hotel Fazenda em Gaspar, e depois dois dias de Camboriú. Grandes aventuras com Elisa e Bruno, com certeza, estão por vir! Logo depois rola Guarujá com Tio Marcelo e família, mais vovô e vovó, prá completar as tão esperadas férias.

Ufa, acho que depois a mamãe aqui vai precisar de férias das férias… Melhor assim, claro! Depois de três semanas sem papai, agora ficaremos os quatro num grude total. Que venham grandes dias!

Não tá fácil dobrar a garota. Ela está terrivelmente esperta e cheia de si, não aceita qualquer argumentação e pior: faz de conta que não está ouvindo a gente quando é contrariada. Agora mesmo, neste exato momento, está subindo a escada prá pegar a escova de cabelo do Bruno lá no quarto (prá brincar), eu pedindo para ela voltar e ela me chamando prá ir com ela, insistentemente.

Prá liberar um pouco essa energia e aproveitar um pedacinho das férias do papai, estivemos há duas semanas lá no Berro D’Água, resort em Avaré, tipo hotel fazenda, muito legal. Luana também foi, e formaram um trio da pesada com mais a Laura, que conhecemos lá. Foi diversão total.

O frio estava grande na beira da represa, mas o ar puro e o delicioso sol da manhã tornavam o lugar uma delícia

 

O passeio a cavalo foi um dos momentos mais inesquecíveis da viagem.

 

Mas nada, absolutamente NADA superou a Branca de Neve, que todas as manhãs ganhava um abraço das suas admiradoras mais carinhosas.

A gente costumava dizer às meninas que os anõezinhos eram pequenos porque não comiam feijão, e assim, na hora do almoço, elas se lembravam disso, entravam na brincadeira, e acabavam comendo. Até que um dia a Elisa virou e disse: “os anõezinhos não são pequenos porque eles não comem feijão, é porque eles são anõezinhos…” Quem é que engana essa garotada de hoje???

Quando vimos no jornal o anúncio da presença dos palhacinhos TELECO e TECO na cidade, ficamos loucos prá levar a Elisa. Afinal ela já é apaixonada pelo Patati e Patatá.

O show era no Circo Internacional do México, montado bem longe da nossa casa, mas esquematizamos com a vovó, deixamos o Bruno com ela e fomos nós três, Elisa, mamãe e papai.

A curtição rendeu uns sustos no começo, porque de encantador o início do espetáculo não tinha nada. Música alta e um ambiente feinho; não sabíamos que a primeira parte do show não tinha nada de PELECO e TECO, e sim apresentação de circo normal. Acrobacias, equilibristas, ainda bem que não não tinha globo da morte, que eu mesma odiava quando era pequena.

Bem, então a pequena chorooooou. Deu pena, ela queria sair de lá, mas fomos distraindo-a com jeitinho, mostrando as “maravilhas” que os apresentadores faziam, ela foi se acalmando, mas suava até, coitada… Depois que se familiarizou, acabou a primeira parte. Foi intervalo, e finalmente vieram os palhacinhos!

Aí tivemos nossa recompensa, aquele sorriso maravilhoso no rostinho da pequena. Ela não desgrudava o olho, e quando vieram então o Barney, o Popeye e o Shrek, ah, foi só alegria!

Nós também demos boas risadas, porque a dupla é ótima. Convidaram 4 pais que tiveram que imitar os bichos no palco, essa foi a parte mais engraçada. Tivemos que sair um pouco antes de terminar, porque já passava bastante da hora do Bruno mamar, e ele ainda não tinha aprendido a chupar mamadeira, resultado, chorou até também… Êta sacrifício que é fazer um programinha diferente!!!

Conforme já imaginávamos, a ida ao circo rendeu por muitos dias. Já faz umas duas semanas que fomos, e ela ainda comenta sempre, e ela mesma admite: “primeiro teve música alta, barulho, e eu chorei, mas depois veio o Pelecoteco, o Barney, e eu gostei, mamãe!”

Ainda bem que ouvimos mais a razão do que o coração, porque quando ela ficou assustada deu bastante dó, mas se saíssemos e fôssemos embora, ela ia ficar com aquele trauma de circo e achar que é algo ruim e assustador. Agora já está pedindo prá ir de novo!!!

Com a priminha Luana na matinê do clube (aproveitamos a fantasia da apresentação de fim do ano da escola, vaquinha do Sítio do Pica Pau Amarelo, he he he)

Brincando em casa com o irmãozinho

Passeio em família na ESALQ

Alimentando os patinhos na ESALQ

Farra com a mamãe durante passeio na ESALQ

QUEREMOS MAIS!!!!!!

Segunda-feira próxima a Elisa volta à escola. Ontem foi dia de aproveitar o fim das férias.

Primeiro ela foi à dentista, de manhã. A estréia foi mais tranqüila do que eu poderia imaginar. Aplausos para a Dra. Elaine, que também é mãe e usou de tooooda a psicologia. Coincidentemente ela está numa fase muito “bem humorada”, e adorou a idéia de sentar no foguetão (cadeira), sugar com o elefantinho chup-chup (sugador de água e saliva), fazer jatinho de água, escovar com a escova de motorzinho – enfim, muito além do que muitos adultos gostam de fazer…!

Resultado: à noite em casa queria repetir tudo com a mamãe. Ainda bem que a Tia Elaine (a dentista) a presenteou com uma escova nova. Só ficou faltando o “arzinho”, como diz a boneca. É mole?

Como prêmio pelo excelente comportamento na dentista, fomos comprar uma mochila nova para ir à escola. Todas as teses dizem que não é prá levar a criança junto, mas como não contrariar este conselho? É tão delicioso vê-la escolher com os olhinhos brilhando! “Mamãe, quero a de carrinho!” “Prá quê filha? Sua mochila é pequenininha, é leve, não precisa de carrinho”. “Não, mamãe, eu quero a de carrinho, prá ir empurrando assim, ó, vuuuummm”. Então tá, né, acho que não era tão caro assim, prá ver tanta felicidade estampada no rostinho. A mochila nova rendeu o dia inteiro de brincadeira, e até foto com as Barbies (já que a mochila é das Princesas) – idéia dela, viu? Só me chamou prá tirar a foto!

Para completar o dia, à tarde fomos ao shopping. Bruno junto, claro, mas a vovó também, é lógico. Dirigiu carrinho, brincou no pula-pula, no parquinho, comeu pão de queiro, pirulito, fez muita farra, foi o dia dela. Ah, como é bom ser criança!

Nem mesmo nas rápidas férias de 10 dias que tiramos consegui achar tempo para passar por aqui e registrar as novidades da nossa vida com a Elisa, e agora também com o Bruno cuja chegada tanto se aproxima.

Amanhã já retornaremos ao trabalho, mas ao menos pude comprar o que faltava do enxoval (quase tudo) e aproveitamos para passar uns dias em grude total com a Elisa, no Monreale Hotel Resort, em Poços de Caldas, e depois na casa da vovó Edimar, também em Minas. Elisa retorna à vida normal mais sapeca do que nunca, esperta e falando absolutamente tudo, depois de tantos dias só com papai e mamãe fazendo todas as suas vontades… Ah, faz parte, né?

Bruno está cada vez mais próximo, agora bem apertado no barrigão de 8 meses. Elisa está cada vez mais familizarizada com a idéia, e a pedadoga da escolinha também já nos deu algumas dicas legais para tentarmos amenizar os ciúmes que inevitavelmente virão. Vamos nessa!

Estamos procurando uma opção de Resort de praia, de preferência no sistema “Tudo Incluso”, prá passar uns 6 dias com a Elisa no mês que vem. Quem tiver alguma dica, por favor, compartilhe prá facilitar nossa busca! A Elisa agradece com aquele sorriso simpático dela, ok? Bjos!

Quando crescer e já souber pedir, a Elisa com certeza vai preferir passear, sempre que possível…

Esse final de semana foi agitado, e ela parece ter curtido sem nenhum problema!

Fim_de_semana_agitado1Começou com um casamento na sexta-feira, que foi na verdade um teste para sabermos como ela se comportaria. Casou-se uma amiga muito especial, e não poderíamos perder. Mas eu não estava nem muito otimista, porque a cerimônia começava às 20:30h, com festa depois e tudo o mais. Com o sono que ela tem, pensei comigo: “vai ser manha na certa”. Porém, a conversa franca e séria que tivemos na hora do banho surtiu efeito: a Elisa participou de tudo lindamente; um pouco acordada, um pouco dormindo, é verdade, mas assistiu ao casamento, depois mamou em plena festa, foi em diferentes colos, e não deu sequer um chorinho, nada mesmo! Sem contar que ficou chiquérrima no vestido de mocinha que estreou, com direito a meia-calça e sapato dourado! Com tanta badalação, foi dormir (no berço, em casa) depois da 1 da manhã, sem nenhum stress.

Depois do merecido descanso, das devidas mamadas, e de um super banho caprichado, no sábado fomos ao churrasco da galera na chácara, e lá foi a Elisa agitar no meio da moçada, simpática e participativa como sempre:

Achou a garotinha?

Achou a garotinha?

No domingo o programa foi mais “reservado”: almoço no shopping com papai e mamãe, para passeio na loja de materias de construção. Confortável no seu carrinho, a Elisa dormiu a maior parte do tempo. Na ida, nos deparamos com um incrível “efeito especial” no céu: um tipo diferente de arco-íris, só entre as núvens:

Pena que a Elisa ainda não pôde ver tamanho espetáculo da natureza...

Pena que a Elisa ainda não pôde ver tamanho espetáculo da natureza...

Hoje a Elisa foi conhecer a decoração de Natal do Shopping, e pela primeira vez na vida ficou vidrada pelo vermelho e pelos brilhos, mesmo sem entender nada… A mamãe e o papai podem aproveitar, porque este será um dos poucos Natais em que poderão escolher, eles mesmos, o presente de Natal da nenê, e não precisarão se preocupar em ensinar à criança que no Natal o menos importante são os presentes, Papai Noel, e tudo o que ela vê na TV (ai, meu Deus).
O merecedor da homenagem

O merecedor da homenagem

O tema da decoração desse ano é baseado no melhor amigo do homem, e muitos cãezinhos enfeitam as árvores de Natal e os jardins encantados, mas todos os detalhes são estampados à moda “Dálmata”, o que nos fez sentir muitas saudades do Adolpho, nosso querido cão que continua morando na chácara que vendemos há 2 meses, mas agora com os novos proprietários. Tão lindo, ele…

O passeio foi ótimo para manter a Elisa acordada durante boa parte da tarde, porque se ela fica em casa, dorme tanto! Estive lendo que, nessa idade, o bebê pode permanecer até 10 horas acordado durante o dia, mas os mais dorminhocos mantém o mesmo ritmo de sono de antes. Acho que a Elisa optou por essa segunda categoria. A mamãe aqui não reclama não, mas não descuida das mamadas e das brincadeiras que depois garantem uma noite de sono que pode chegar a 8 horas direto!

Valeu o passeio! É claro que chegando em casa ela não perdeu tempo: garantiu a mamada e a merecida soneca; agora vamos ver como será a noite…

Eu me lembro de ter lido que para um bebê, o contato com a natureza é tão importante quanto a alimentação. No último sábado resolvemos levar a Elisa para seu primeiro passeio ao ar livre: uma “caminhada”.

Passeio_ao_ar_livre1

Uma vez resolvida a logística envolvida num passeio com o bebê, por mais simples e rápido que ele seja, lá fomos nós. A caminhada, porém, foi precedida pelo deslocamento de carro até o local, coisa de 5 a 8 minutos. Tempo suficiente para a chegada da famosa soneca gasolina… Resultado: nos primeiros instantes de caminhada, Elisa já curtia mais um de seus sonhos tranquilos… Esse, porém, ao ar livre e em pleno contato com a natureza!

Que bela soneca natureba!

Que bela soneca natureba!

Idade da Elisa

Lilypie Kids Birthday tickers

Arquivo

Categorias

Acessos

  • 191,798 visitas