Ao planejarmos ter um bebê, as teorias sobre o tema já nos comovem, mas só quando sentimos o recém-nascido no colo, com aquele olhar tão dependente e frágil, então começamos a entender a dimensão dessa experiência incrível.

E então nos perguntamos, pela primeira de muitas vezes: e agora, mamãe?

A Elisa é uma bebê incrível, assim como também deve ser o seu filho ou sua filha. Este site foi criado para permitir o compartilhamento e o aprimoramento dessa experiência de ser mãe, e também porque, para uma mãe feliz e encantada, é praticamente IMPOSSÍVEL ficar sem falar sobre seu bebê, com tantas quantas pessoas for possível – mesmo com toda a família por perto curtindo junto, nunca parece ser suficiente.

Pois bem, este blog é dedicado à Elisa, que nascida no dia 08/08/2008 já chegou transbordando prosperidade.
Qualquer noite mal dormida, choro sem consolo, cocô exagerado, é compensado quando você percebe que seu bebê está te reconhecendo, e te abre aquele sorrizão largo e gostoso! Nessa fase, com um pouco mais de 2 meses, a Elisa começou a sorrir muito e tentar emitir sons de vogais quando conversamos com ela bem de pertinho; é muito, muito gostoso!

Minha recomendação é que você, que também é ou será mãe, registre de algum jeito suas emoções e descobertas, porque além de ser um tempo que não volta mais, felicidade dividida sempre dobra de intensidade!

E como cada dia é uma nova aventura, a partir do momento em que acorda o bebê pode apresentar um novo tipo de choro, uma nova forma de demonstrar a fome, um novo tipo de cocô… Pois bem, então, E AGORA, MAMÃE?