As comemorações começaram na sexta-feira com festa na escola da Elisa. Não se pode negar que foi um rebuliço só, aquele monte de mães frenéticas prá enxergar e fotografar seu filho durante a apresentação da sua turma, eu com o Bruno e minha mãe (que merece e muito as homenagens às avós mais do que atuantes), enfim, mesmo assim foi uma delícia, e uma comédia.

Dessa vez ela dançou direitinho a coreografia que devem ter suado prá ensaiar, e mesmo assim muitos da turma dela choraram e quiseram correr para os braços das mães, afinal, ainda estamos falando do Maternal I. A Elisa na verdade é a maiorzinha da turma, eu acho, porque como faz aniversário em Agosto, precisou “repetir de ano” prá chegar ao primeiro ano com 6 anos completos.

Só não havia meio dela virar a flor para o lado certo (veja no detalhe) prá mostrar a foto da mamãe. Distraíííída.... Tem prá quem puxar???Na vez dela se apresentar vovó pegou o Bruno e eu fiz absolutamente TUDO prá chegar bem pertinho e mostrar que eu estava lá, mas quem disse que ela me olhava??? Foi me ver só no final, quando as mães é que foram dançar, e aí veio aquele sorrizão delicioso!

No domingo a festa foi na casa do querido Tio Marcelo, com a participação da família completa. Elisa se divertiu muito, e as mamães também. Claro que a gente se enche de orgulho nessas datas, mas lá no fundo meu sentimento é de que nem mereço tantas homenagens, afinal de contas, a gente faz tudo tão naturalmente, nem tinha como ser diferente, não é mesmo? Mãe é mãe e pronto, dispensa comentários, e fica até difícil descrever o que isso significa. O que não quer dizer que a gente não ADORE receber as mensagens lindas de reconhecimento, claro! Então, PARABÉNS a todas as mães!

Anúncios