Pular é com ela mesma. Gente, como gosta! Com música ou sem música, de manhã, à tarde ou à noite, bobeou a Elisa está pulando. Pula e canta o dia inteiro, se puder. Então hoje foi o dia dela: PULOU carnaval na escola. Não deixou, claro, de tirar sua soneca sagrada de uma hora no meio da tarde, mas acredito que deve ter aproveitado à beça a festa.

A escola pediu que todos os alunos fossem de fantasia, e nós mesmas (eu e ela) preparamos a dela ontem à noite, e eu terminei hoje cedo. Foi na base da partilha – aproveitamos alguns tecidos brilhantes que sempre usamos com o Bruno para estimulá-lo, e para uma sainha curta e um top foram necessários apenas alguns pedaços. O irmãozinho emprestou também aquele espanadorzinho brilhante que no meu tempo a gente chamava de “xoc xoc”. O vermelho deu certinho. Com o tempo frio, um body e meia calça brancos completaram o traje. Paquita, Xuxinha, Bailarina ou Pequena Sereia, todos esses temas combinavam com a roupa da pequena, que nem se importou com essa indefinição e saiu toda feliz, penteada e maquiada pela mamãe, com a ajuda da super vovó, como sempre.

Foi uma delícia, e fiquei feliz em conseguir, eu  mesma, levá-la à escola hoje, depois de arrumá-la. E mais uma vez isso me fez lembrar do que eu sempre digo: a Elisa poderia dizer que está usufruindo da segunda licença maternidade da sua mamãe, porque apesar de não ser ela o motivo do meu afastamento, bem que está aproveitando o meu tempo “livre” prá ficar mais com ela!

Cá entre nós, quem está lucrando mesmo sou eu né, mas deixa prá lá!

Anúncios