Foram 9 meses para cortar o cordão umbilical. E mais 9 para trocar o peito pela mamadeira. Emblemática coincidência, não?

Sim, coincidência, pois ao contrário do parto, que não foi natural mas teve que ser feito porque estava na hora, o desmame não foi para nós algo planejado ou calculado. Simplesmente foi acontecendo, e a Elisa praticamente não mama mais no peito…!

Comecei cortando a mamada da hora do meu almoço, porque ela já estava almoçando super bem, e depois mamando só para dormir. Em seguida  experimentei dar a mamadeira à noite, prá ver se ela parava de acordar só para mamar. Foram algumas noites de experiência (positiva, pois ela começou a dormir a noite toda), e o leite começou a diminuir. Passados alguns dias amamentando só pela manhã, e parece que agora o leite custa a sair. Aí eu ofereço, ela mama um pouco e depois começa a brincar com o bico, então eu fico sem saber se está alimentada. Ou seja, fica esse “nem lá nem cá”. Então falei hoje com o médico, e ele disse que está tudo ótimo, não há problema em desmamá-la porque já mamou bastante, quase 10 meses.

E agora? Quer dizer que minha filha cresceu? Como já não ter saudades?…

Desmame

Anúncios