Ontem fomos ao pediatra e o veredito dos 4 meses foi:

– 6,270 kg (ganho de 640 g)

– 64 cm (ganho de 3 cm)

– Continuar com 2 gotas diárias da vitamina Adtil

– Tomar a segunda dose da vacina Tetra (uuuiiii), da paralisia e da rotavírus

– Começar a inserir frutas e suco na alimentação da pequena. Um dia mamão papaya ou pêra, que soltam o intestino, no outro dia maçã ou banana maçã, que prendem. O suco de laranja lima, com opção de misturar com beterraba ou cenoura.

Pois bem, chegando em casa, fiquei grilada. Na consulta perguntei, e ele confirmou que não vai diminuir a amamentação, apenas acrescentar essa nova alimentação. Mas depois fiquei pensando, e concluí que é lógico que os novos alimentos vão ajudar a saciar a fome, e ela não vai querer mamar tanto, o que não acho uma boa idéia, porque é público e sabido que ATÉ OS 06 MESES DE VIDA O BEBÊ DEVE ALIMENTAR-SE EXCLUSIVAMENTE DO LEITE MATERNO.

Segundo o doctor, se esperar até os 6 meses, “vai dar correria”, porque aí rola um período de adaptação que vai ficar complicado, porque vou voltar a trabalhar. Nisso, ponto para ele.

Outra coisa: a Elisa dorme prá caramba, e muitas vezes quando acorda já é hora de mamar, ou seja, se eu der a fruta, vai prorrogar a mamada, e conseqüentemente, pode ficar uma mamada a menos no dia.

Sendo assim, decidi que vou tentar só dar a fruta e o suco nos dias em que ela estiver acordada no intervalo entre as mamadas, ou seja, se for hora de mamar, mama e pronto. Se já faz 1 hora e meia ou 2 horas que mamou, e está acordada, vamos de frutinha ou suquinho.

O que vocês acham???

Que vai ser ótimo ter essa nova experiência, isso vai!

Anúncios