Hoje de manhã fiquei chocada com a notícia de que mais um bebê morreu dormindo, depois de mamar. Que tragédia…!

Notícias desse tipo me impressionam terrivelmente.

arrotinho_vital22Afinal…

 

 

… qual o bebê que nunca dormiu no peito da mãe, sem antes arrotar?

Está cada vez mais claro que fazer o bebê arrotar é um cuidado vital.

A pobre bebê que morreu havia mamado às 5h da manhã, e não chegou a arrotar porque adormeceu mamando. Então foi colocada na cama entre papai e mamãe, mas por volta das 7h foi encontrada sem respiração. É provável que tenha se asfixiado por refluxo ou algo do tipo.

O jornal publicou os conselhos de um médico pediatra sobre os cuidados necessários pós-amamentação:

– Fazer o bebê arrotar em pé antes de colocá-lo para dormir;

– Colocar o bebê no berço sempre de lado, sem nenhum objeto solto, como travesseiro, coberta e bichos de pelúcia próximo à criança;

– A criança deve dormir em uma superfície firme, para evitar sufocamento, e em um berço que esteja num ambiente com boa ventilação.

Segundo ele, quadros de refluxo, com aspiração do leite, são comuns e podem provocar asfixia e parada cardiorrespiratória na criança. O ideal, segundo ele, “é que a criança arrote depois de todas as mamadas, mas quando ela dorme deve ser colocada de lado, de preferência no berço, onde ficará sozinha e não haverá risco de suforcar-se com travesseiros, cobertas ou até mesmo com as roupas dos próprios pais”.

Quando li a notícia, é claro, surgiram mil dúvidas e questionamentos, e automaticamente passei a refletir sobre os meus procedimentos com a Elisa.

arrotinho_vital1No caso dela, quando dorme mamando ou então em pé, no colo, na hora de arrotar, eu insisto e fico com ela pelo menos uns 15 minutos, mexendo um pouco de vez em quando, e mesmo dormindo na maior parte das vezes ela arrota. Independente disso, eu a coloco de lado no berço (deitada de preferência do lado direito), e calço suas costas com o golfinho de pelúcia (preso entre ela e o protetor do berço) prá evitar que ela vire de barriga prá cima. Mas depois que ela dorme profundo eu tiro, porque senão ela fica presa numa mesma posição o tempo todo, o que acho que é muito ruim e desconfortável. E também tenho um pouco de medo que ela vire para o outro lado e tampe seu nariz no bicho…

Embaixo do colchão colocamos aquele suporte anti-refluxo, que deixa a superfície inclinada, e além disso, principalmente durante o dia (é claro) não deixo de verificar a todo momento se ela está dormindo normalmente.

Ah meu Deus, será que estou tendo cuidado suficiente?

Anúncios